Goiás confirma cinco casos da variante Delta e dois estão em investigação

Identificada na índia, a variante é considerada mais transmissível que mutações anteriores do coronavírus. Não há registro de transmissão comunitária no Estado

De acordo com a secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO), Goiás tem, até agora, cinco casos da variante Delta do coronavírus. Mas conforme a SES, não há registro de transmissão comunitária no Estado. Identificada na índia, a variante é considerada mais transmissível que mutações anteriores do coronavírus.

O quinto caso, confirmado pela SES nesta quarta-feira, 28, é um paciente de Santo Antônio do Descoberto, no Entorno do Distrito Federal. Segundo a SES, a pessoa em questão trabalha no Distrito Federal e tem relação com o surto da Covid-19, causado pela variante Delta, em Brasília. Na capital federal, já foi declarada transmissão comunitária da nova cepa.

Desses cinco casos, um tem histórico de viagem internacional e o outro é de um contato desta pessoa. As demais confirmações possuem relação com um surto que ocorreu em Brasília, no Distrito Federal. Todos esses registros são de residentes em Goiânia.

Em investigação

A prefeitura de Anápolis confirmou que o município teve notificação de dois casos suspeitos, que ainda estão em investigação. Em nota, afirma que a secretaria municipal de Saúde foi notificada pelo Estado de caso suspeito de um casal de moradores de Anápolis.

De acordo com a SMS, as duas pessoas estão sendo monitoradas, aguardando resultados. Ambos permanecem isolados e ainda não há confirmação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.