Deputado federal do PTB é o único goiano titular da comissão e é cotado para ser relator do projeto 

Presidente do PTB em Goiás | Foto: site/ Jovair Arantes
Presidente do PTB em Goiás | Foto: site/ Jovair Arantes

Alexandre Parrode e Marcelo Gouveia

A comissão que analisará o pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) definiu alguns dos parlamentares que vão integrar o colegiado. Dentre os escolhidos, está o deputado goiano Jovair Arantes, do PTB. Segundo informações de bastidores, ele tem sido cotado para assumir a relatoria da comissão.

[relacionadas artigos=”61322″]

Alinhado à base governista, Jovair é um político moderado e evita críticas contundentes à gestão da presidente Dilma Rousseff. O goiano, no entanto, é aliado do presidente da Câmara Federal, Eduardo Cunha (PMDB).

A decisão de encaminhá-lo à relatoria da comissão ocorreu durante reunião na casa do peemedebista, na noite da última quarta-feira (16/3), que também contou com a presença do líder do PSD, Rogério Rosso, cotado para presidir o colegiado.

De Goiás, também aparecem na lista como suplentes a deputada Flávia Morais, do PDT, e o deputado Fábio Sousa, do PSDB.

Em entrevista, o tucano reforçou o clima de tensão no Congresso Nacional desde a indicação do ex-presidente Lula ao Ministério da Casa Civil. Para ele, é “quase impossível o impeachment não ser aprovado”. “Situação passou de tudo que a gente imagina”, acrescentou.