Goiânia tem melhor aeroporto em satisfação do passageiro dos cinco incluídos em 2018

Capital goiana foi incluída no levantamento da Secretaria Nacional de Aviação Civil neste ano e figura à frente dos terminais de Maceió, Belém, Vitória e Florianópolis

Recém-incluído da Pesquisa de Satisfação do Passageiro, da Secretaria Nacional da Aviação Civil, aeroporto de Goiânia é o melhor avaliado entre os cinco incluídos no levantamento no primeiro trimestre e 8º no geral | Foto: Assembleia Legislativa de Goiás

Goiânia tem o melhor aeroporto de cinco incluídos em 2018 na Pesquisa de Satisfação do Passageiro no primeiro trimestre do ano realizada pela Secretaria Nacional de Aviação Civil do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil. Os dados foram divulgados na manhã desta quarta-feira (25/4) e mostram que os usuários do transporte aéreo em voos domésticos e internacionais avaliam o terminal da capital goiana como o que melhor atende os passageiros dos que passaram a ser avaliados: Goiânia, Maceió, Belém, Vitória e Florianópolis.

No geral, o novo aeroporto de Goiânia – inaugurado em 9 de maio de 2016 pela então presidente Dilma Rousseff (PT) – é considerado o 8º em satisfação do passageiro entre 20 terminais. A nota goiana ficou em 4,38 de um total de cinco pontos atribuídos pela pesquisa, que é feita a partir de dados fornecidos pelos usuários do transporte aéreo no Brasil.

No quinto ano do levantamento, a aprovação dos aeroportos brasileiros chegou a 87% no primeiro trimestre de 2018. A partir de 4 pontos é considerado como bom o aeroporto. A nota 5 avalia o terminal como muito bom, de acordo com os critérios do levantamento.

“Os resultados mostram que estamos caminhando para a maturidade e a consolidação da gestão aeroportuária”, afirma o secretário Nacional de Aviação Civil, Dario Lopes. De acordo com o órgão, “os passageiros são ouvidos diariamente por pesquisadores da Praxian – Business & Marketing”. “O nível de confiança do levantamento é de 95%, com margem de erro de 5%”, informa o Ministério dos Transportes.

A pesquisa ouviu 327.537 nos últimos cinco anos. Em 2013, a nota dada aos principais aeroportos brasileiros ficou em 3,86 na avaliação de 1 a 5 pontos. Já no primeiro trimestre deste ano, a pontuação chegou a 4,30. Esta é a 20ª rodada do levantamento realizado pela Secretaria Nacional de Aviação Civil, com crescimento de 14% no índice de satisfação geral e 11% de média porcentual de evolução na avaliação dos outros 37 indicadores pesquisados.

Goiânia

Entre os oito aeroportos que recebem até 5 milhões de passageiros por ano, Goiânia (4,38) aparece na terceira posição, atrás de Natal (4,56) e Manaus (4,41). Dos 37 itens avaliados pelos passageiros, o terminal da capital goiana aparece em segundo lugar em dois deles: tempo de fila na inspeção de segurança (4,73), na qual Campinas lidera com 4,76 pontos, e qualidade da informação nos painéis das esteiras de restituição de bagagem, quando recebe pontuação 4,75, indicador liderado por Confins (4,83).

Na facilidade de desembarque no meio-fio, a capital goiana surge em terceiro lugar com 4,48 pontos. Goiânia é 9ª na confiabilidade da inspeção de segurança (4,47), 4ª na cordialidade e
prestatividade dos funcionários da inspeção de segurança (4,61) e 5ª na qualidade da sinalização do aeroporto (4,37).

No item disponibilidade e qualidade das informações nos painéis de voo, o terminal de Goiânia fica em 10º lugar (4,17). Goiânia é apenas 14ª posição na disponibilidade de
tomadas (3,73) e na 18ª quando o assunto é ‘ualidade da internet wi-fi disponibilizada pelo
aeroporto (3,07).

A disponibilidade de banheiros do aeroporto de Goiânia fica no 5º lugar dos 20 terminais avaliados pelos passageiros (4,37). Na limpeza dos sanitário, a capital goiana figura em 4ª (4,38), mesma posição na disponibilidade de assentos na sala de embarque (4,58). Goiânia consegue o 5º posto na sensação de segurança nas áreas públicas do aeroporto com 4,42 pontos.

O aeroporto fica em 4º na limpeza geral (4,66), 3º no conforto térmico (4,59), 12º no conforto acústico (4,18) e 11º na qualidade das instalações de estacionamento de veículos (3,98).

Pior avaliação

Goiânia fica no final da lista quando o assunto é custo-benefício dos produtos de lanchonetes e restaurantes (2,61) e dos produtos comerciais (2,89), na 20ª posição em cada uma delas, e na penúltima (19ª) na avaliação dos passageiros sobre a quantidade e qualidade de lanchonetes e restaurantes (3,43).

O terminal da capital é bem avaliado na velocidade de restituição de bagagem (4,57), na 3ª posição.

1
Deixe um comentário

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Adalberto de Queiroz

O aeroporto de Goiânia é o mais feio e o projeto mais exdrúxulo dos novos aeroportos de capitais do Brasil. É horrível!