Goiânia registra terceira maior inflação do país em novembro

Alta dos combustíveis, do gás de cozinha e da energia elétrica elevaram IPCA na capital para 1,39%. Média nacional é de 0,95%.

Inflação registrada em Goiânia é a terceira maior do país. | Foto: reprodução

A inflação oficial registrada em Goiânia foi a terceira maior do país. O Instituto Nacional de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) atingiu 1,39%, em novembro, na capital de Goiás. O número só é menor do registrado em Campo Grande-MS (1,47%) e Salvador-BA (1,42%).

Segundo o boletim, a alta no valor dos combustíveis, da energia elétrica e do botijão de gás foram os principais influenciadores da inflação em Goiânia. No acumulado no ano, a capital chegou a 9,67%. Quando se analisa os últimos doze meses, o IPCA passa dos dois dígitos, 11,01%. Os números também estão acima da média nacional, que são de 9,26% e 10,74%, respectivamente.

Dentre os combustíveis, a maior alta no mês foi do óleo diesel (10,02%). No entanto, a maior variação acumulada no ano foi do etanol (59,92%). A gasolina (49,17%) também teve alta relevante. Em geral, os combustíveis acumulam alta de 50,90% no ano e 52,90% nos últimos doze meses.

A energia elétrica impulsionou a inflação no setor de habitação. A alta registrada no mês foi de 10,96%, a maior desde novembro de 2017 (14,40%). Outro produto do grupo de moradia foi o botijão de gás, que subiu 4,24% em novembro. Foi a 15ª vez consecutiva que o aumento foi registrado. No ano, o principal produto da cozinha acumula 39,92%, e nos últimos doze meses, 45,07%.

Os quesitos habitação (4,76%) e transportes (3,72%) em Goiânia foram os únicos que ficaram acima da média nacional, 1,03% e 3,35% respectivamente. O grupo de artigos de residência foi o que registrou maior queda (-1,05%).

Veja os gráficos:

Fonte: IBGE
Fonte: IBGE
Fonte: IBGE
Fonte: IBGE
Fonte: IBGE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.