Goiânia registra tendência de queda de internação de idosos acima de 80 anos devido a isolamento social

Queda pode ser atribuída a decretos municipal e estadual. Vacinação ainda atinge apenas 8,3% da população

Idosos | Marcelo Camargo / Agência Brasil

A curva de internação e óbitos por Covid-19 de idosos de 80 anos ou mais está em tendência de queda em Goiânia. O indicativo é apontado pela Superintendência de Vigilância em Saúde da capital que observa inclinação da curva de intercorrências deste tipo na faixa etária. Vacinação atinge apenas 8,3% da população

Segundo o superintendente de vigilância em Saúde, Yves Mauro Ternes, esse tendência pode ser fruto do isolamento social adotado por idosos desta faixa etária a partir dos decretos municipal e estadual. Nesta faixa, a tendência ao isolamento é maior que nas outras mais baixa, na avaliação do técnico da prefeitura.

A vacinação ainda não pode ser levada em conta neste cálculo, já que a segunda dose começou a ser aplicada recentemente. “Somente vamos observar queda de internações e óbitos provocadas pela vacina em 15 dias após a aplicação da segunda dose”, avalia.

Ainda segundo Yves Mauro Ternes a adesão à vacinação está dentro do esperado para a faixa. Embora sem dados consolidados, ele observa que a quantidade de pessoas que estão se vacinando está dentro do projetado, em todas as regiões da capital.

Atualmente, 8,13% da população goianiense foi vacinada, com aplicação de aproximadamente 125 mil doses. Para atingir a chamada proteção de rebanho os técnicos da prefeitura estimam que pelo menos 50% da população deva ser imunizada contra a Covid-19.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.