Goiânia pode ter três casos não notificados de Flurona

Corretor de seguros, Murilo Campos, foi diagnosticado no dia 27 de dezembro. Ele ainda aguarda o período de isolamento, de 14 dias, para retornar à rotina. Uma média e um médico também têm exames positivos

Leitor do Jornal Opção apresentou teste positivo para Influenza A e detecção de SARS-CoV2. | Foto: arquivo pessoal

Os primeiros casos extraoficiais de Flurona, infecção simultânea por Coronavírus e Influenza, foram divulgados na última quarta-feira (5) pelo Jornal Opção. No entanto, com o alto número de pessoas gripadas e a pouca incidência de testes, a capital pode ter mais casos do que os registros oficiais. Depois da divulgação da matéria, um leitor procurou o Jornal Opção e apresentou os testes positivos para Covid-19 e Influenza A.

O corretor de seguros, Murilo Campos, foi diagnosticado no dia 27 de dezembro. Ele ainda aguarda o período de isolamento, de 14 dias, para retornar à rotina. Em entrevista a este veículo, Murilo ressaltou a responsabilidade do laboratório em notificar os órgãos responsáveis. “Fiz teste dos dois (Coronavírus e Influenza). Ambos feitos dia 27 de dezembro. Quem tem que fazer essa notificação é o próprio laboratório”, afirmou o corretor de seguros. Murilo se submeteu ao diagnóstico no Laboratório Padrão.

Com o diagnóstico de Murilo, Goiânia pode ter pelo menos três infecções não notificadas, todas adiantadas com exclusividade pelo Jornal Opção. As outras foram em dois médicos, uma mulher de 26 anos e um homem de 29, que realizaram testes no Hemolabor e no Laboratório Saúde.

Os exames da médica serão enviados para o Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo, para mapeamento genético e investigação laboratorial sobre o tipo de variante do Coronavírus e do vírus Influenza. O objetivo é confirmar cientificamente a presença do vírus H3N2, que está no grupo do Influenza A.

Além desses três, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) confirmou mais um, o único que ela reconhece na Capital. É o que foi divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) na última quinta-feira, 06. Por meio de nota, o órgão da Prefeitura de Goiânia disse a infecção dupla ocorreu em uma mulher de 60 anos, profissional de Saúde, servidora da própria SMS. Ela apresenta sintomas leves e se trata em casa. Também nesse caso, a flurona foi constatada em um exame realizado em laboratório particular. Além da confirmação, também foi realizada coleta para sequenciamento a fim de identificar a variante para Covid-19 e se trata da variante Ômicron.

Coronavírus em Goiás

A SES informou que, até agora, já foram registrados 952.645 casos de doença pelo coronavírus em Goiás. Foram 24.724 óbitos confirmados, a taxa de letalidade é de 2,6%. Quanto à vacinação, mais de 5 milhões de pessoas tomaram a primeira dose, e mais de 4 milhões tomaram a segunda.

* Em colaboração com Elder Dias

Uma resposta para “Goiânia pode ter três casos não notificados de Flurona”

  1. Avatar Rj disse:

    Infelizmente também fui diagnosticado com Covid e Gripe hoje 😬😥

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.