Goiânia lidera lista de mortes por dengue em Goiás

Conforme relatório divulgado pela SES-GO, foram 19 óbitos na capital. No Estado, foram notificados 116.650 casos de pacientes infectados pela doença

Casos de dengue chegaram a 28.292 mil na capital | Foto: Claudio Fachel/Palácio Piratini/Fotos Públicas

Casos de dengue chegaram a 28.292 mil na capital | Foto: Claudio Fachel/Palácio Piratini/Fotos Públicas

Goiânia lidera a lista de número de óbitos por dengue confirmados em 2014: foram 19 mortes na capital, segundo o boletim semanal de dengue. Os números divulgados pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-GO) revelam que Goiás teve 71 mortes no mesmo ano.

Na lista, seguem a capital Aparecida de Goiânia (4), Iporá (4), Anápolis (3), Bela Vista de Goiás (3), Goianésia (3), Pires do Rio (3), Trindade (3), Cidade Ocidental (2), Itapaci (2), Luziânia (2), Santa Helena de Goiás (2), São Luís de Montes Belos (2). Os dados referem-se à chamada semana epidemiológica 52 — de 14 de dezembro de 2013 ao dia 27 do mês passado.

A capital também assume a ponta no ranking dos municípios com maior número de casos notificados de dengue: 28.292. Luziânia (13.229), Aparecida de Goiânia (10.544), Anápolis (7.695), Valparaíso de Goiás (4.190), Pires do Rio (3.089), Jataí (3.072), Novo Gama (2.589), Iporá (1.867) e Planaltina (1.661) completam a lista.

O balanço ainda apresentou a quantidade de óbitos suspeitos de dengue por municípios, em um total de 21. Goiânia está à frente com oito casos, seguida por Senador Canedo, com três, e Luziânia e Trindade, ambas com dois casos.

De acordo com a SES-GO, a pasta notificou 116.650 casos de pacientes com dengue em 2014. O índice é 28,79% menor se comparado a 2013, quando foram registradas 163.808 ocorrências, com 95 mortes.

Uma resposta para “Goiânia lidera lista de mortes por dengue em Goiás”

  1. Avatar ALAN PETER disse:

    O DESCUIDO DOS MORADORES NO QUE DIZ RESPEITO AO SEU DEVER DE CASA, TEM CONTRIBUÍDO PARA ESTES NÚMEROS. ALAN PETER (ACE) PLANALTINA-GOIÁS.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.