Goiânia está entre as dez capitais com mais transparência

Ranking da Controladoria Geral da União avaliou como a efetividade da lei de acesso à informação em 492 municípios brasileiros

Dentre os 492 municípios avaliados, Goiânia é o 20º colocado

No ranking de todos os municípios avaliados, Goiânia ocupa a 20ª colocação

Bruna Aidar

A Controladoria Geral da União (CGU) divulgou, nesta sexta-feira (15), um ranking dos estados e municípios com maior efetividade de acesso à informação. A Escala Brasil Transparente é uma metodologia que mede a transparência pública. Goiânia aparece no 20º lugar geral, com nota de 7,78. Entre as capitais, Goiânia é a 10ª colocada.

492 municípios de até 50 mil habitantes foram avaliados e apenas 5,5% das cidades brasileiras tiraram nota maior que sete. As únicas cidades que tiraram nota máxima foram São Paulo e Apiúna, ambas do Estado de São Paulo.

Com exceção de Goiânia, todas as cidades goianas tiveram nota menor que dois no ranking. Além das que tiraram zero, Aurilândia tirou 1,94 e Matrinchã, Cezarina e Anicuns tiraram 1,39.

63% das cidades brasileiras, o que representa um total de 310 municípios, tiraram nota zero na avaliação da CGU. Destas, 15 são de Goiás: Guarinos, Damianópolis, Heitoraí, Ouro Verde de Goiás, Britânia, Santa Bárbara de Goiás, Itarumã, Terezópolis de Goiás, Vicentinópolis, Barro Alto, Crixás, Caiapônia, Jussara, Piracanjuba e Santa Helena de Goiás.

A nota foi dada com base em perguntas que determinavam como funciona o acesso à informação na cidade. Goiânia perdeu pontos por não permitir, no site, o acompanhamento dos pedidos realizados. Outro ponto negativo é que a regulamentação não permite que as autoridades classifiquem informações quanto ao grau de sigilo.

O envio de pedidos no prazo e a conformidade da resposta com o que foi pedido receberam avaliação “parcialmente”, ou seja, não foram plenamente respeitados. Goiânia foi avaliada entre 1º e 24 de abril de 2015.

Deixe um comentário