Goiânia é a sexta cidade do País com o maior porcentual de usuários em site de traição

Conforme dados do Ashley Madison, 3,2% da população goianiense está cadastrada na página de relacionamentos extraconjugais. Veja ranking

Divulgação/Internet

Divulgação/Internet

O Ashley Madison, site de relacionamentos extraconjugais, divulgou recentemente um ranking com as capitais brasileiras com os maiores porcentuais per capita de usuários da página. Conforme os dados, Goiânia é a sexta cidade do País que possui a maior porcentagem de cadastrados, à frente de São Paulo (7º) e Rio de Janeiro (8º).

Batizado de “Mapa de Infidelidade no Brasil”, o recorte calcula o volume de participantes de cada cidade relacionado ao total de habitantes. Segundo o site, 3,2% da população da capital goiana possui cadastro no site de traição, o que representa mais de 40 mil usuários.

Em primeiro lugar no ranking aparece Brasília, com mais de 100 mil cadastros na página, o que equivale a 4,2% da população. Além disso, na capital federal, o gasto médio de um usuário com amantes chega a R$ 2.300. No site, os brasilienses são também os que mais gastam com créditos, comprando rosas e diamantes virtuais, por exemplo.

Em números totais, o Estado de São Paulo é disparado o que possui maior número de cadastrados, mais de 870 mil. Logo em seguida, vêm Rio de Janeiro, com cerca de 253 mil; Minas Gerais, 247 mil; e Paraná, com 179 mil usuários.

O Ashley Madison possui mais de 38 milhões de cadastrados em todo o mundo. O Brasil, com mais de três milhões de inscritos, é o segundo país no ranking geral, atrás apenas dos Estados Unidos.

Em terras tupiniquins, o público masculino representa 65% do universo de usuários, mas a porcentagem varia bastante conforme a faixa etária. Entre os cadastrados com mais de 60 anos, cerca de 99% são homens, enquanto o porcentual chega a 50% para membros na faixa dos 20 a 40 anos de idade.

Conforme divulgado pelo Ashley Madison, as mulheres cadastradas no site possuem em média sete anos de casamento, enquanto os homens que procuram a página já estão casados há mais de uma década.

Ficou interessado? Antes de realizar seu cadastro no site, um aviso: no último mês, hackers invadiram a página e ameaçaram divulgar os nomes dos inscritos. Para alívio de muitos, no entanto, a ameaça não chegou a ser concretizada. Se achar que o risco vale à pena, é só acessar ashleymadison.com, preencher os dados e ativar sua conta.

mapa-da-infidelidade-no-brasil-junho2015

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.