Iris Rezende quer uma saúde de excelência “em alguns meses”

Foto: Lívia Barbosa | Jornal Opção

Goiânia comemora seus 86 anos, nesta quinta-feira, 24, com cinco unidades de Saúde recebendo reformas. Os Centros de Saúde da Família (CSF) do Novo Planalto, Itaipu e o Centro de Atenção Integrada à Saúde (Cais) do Novo Mundo já foram reformados e entregues. O Cais Cândida de Moraes e CSF da Vila Mutirão estão recebendo reformas iniciadas no mês de outubro.

[relacionadas artigos=”213248″]

O balanço da pasta é bom. Durante a gestão de Iris Rezende (MDB), foram mais de 90 unidades de saúde que receberam reformas gerais. Além disso, os Centro Integrado de Atenção Médico Sanitária (Ciams) do Novo Horizonte e Urias Magalhães, além do Centro de Saúde da Vila Redenção e o Centro de Convivência Cuca Fresca foram reabertas.

A prefeitura também, nestes últimos três anos, inaugurou Centros de Saúde da Família no Eldorado Oeste, Grajaú e Recanto das Minas Gerais. Praticamente todas as regiões da cidade receberam melhorias na área da Saúde.

Com isso, o clima político na capital é leve. A visita de prestação de contas do prefeito à Câmara Municipal, no final de setembro, foi bem favorável ao gestor. Na ocasião, os vereadores elogiaram muito Iris, que planeja investir cerca de R$ 1,4 bilhão até o fim de 2020.

O chefe do Executivo rebateu as críticas que sofreu durante o início da gestão e disse que o município terá uma saúde de excelência “em alguns meses”. Uma das apostas da atual gestão é a inauguração da Maternidade Oeste, prevista para ser entregue no aniversário de Goiânia, com investimento total de R$ 49 milhões.