Goianas sobem ao palco do The Voice Brasil e garantem vaga para a próxima fase do programa

A iporaense Érika Ribeiro ganhou uma nova oportunidade com Michel Teló. Já Dona Preta, de Itumbiara, conseguiu virar as três cadeiras

Dona Preta e Érika Ribeiro são as goianas que estão no The Voice Brasil | Foto: divulgação

As goianas Érika Ribeiro, da cidade de Iporá, e Dona Preta, de Itumbiara, foram classificadas na noite de desta quinta-feira, 4, no The Voice Brasil, reality show musical da TV Globo. Esta foi a última fase da Audição às Cegas, quando os técnicos têm que escolher os candidatos apenas pela voz. As cantoras foram bastante elogiadas e garantiram vaga para a próxima etapa do programa, a fase “Tira-Teima”. 

A violinista e compositora Érika Ribeiro apresentou o clássico “Sampa”, de Caetano Veloso. Ela não conseguiu virar nenhuma cadeira, mas recebeu elogios dos técnicos e um pedido especial de Lulu Santos, que voltasse com um violão e cantasse uma de suas composições. Antes de sua apresentação, durante a entrevista, Érika contou um pouco sobre sua vida e relatou que começou a tocar instrumentos aos oito anos de idade, mas só aos 19 começou a cantar. 

Com as novas regras do programa, o “quinto jurado”, Michel Teló, escolheu a cantora para o seu time e deu a ela uma nova oportunidade. “Eu tive muitas segundas chances na minha vida, então, eu queria saber se você topa estar no meu time e da próxima vez cantar com seu violão. Você está no The Voice Brasil”, disse Teló à Erika.

Já Haryelle Vitorino, a Dona Preta de Itumbiara, fez uma apresentação cheia de emoção cantando “A Boa Fui Eu” e conquistou seu lugar no time de Iza. A goiana, que é vendedora ambulante de salgadinhos, doce e nas horas vagas, “cantora”, começou a carreira cantando em igreja. 

Os técnicos Lulu Santos, Iza e Cláudia Leitte apertaram o botão e viraram a cadeira para Dona Preta, que foi muito elogiada por todos. “Parabéns pelo seu dom, parabéns pela sua persistência, você nasceu para o palco e vai ser uma honra ter você no meu time”, declarou Iza.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.