Glaustin da Fokus manifesta apoio a Moro, mas é questionado sobre voto contra Coaf nas mãos do ministro

Deputado federal votou pela permanência do órgão no Ministério da Economia e foi questionado à época, mas discussão voltou à tona com o apoio ao ex-juiz

Foto: Reprodução

O deputado federal Glaustin da Fokus (PSC) publicou nas redes sociais uma manifestação de apoio ao ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sérgio Moro, que teve conversas com procuradores da Lava Jato vazadas.

Nos comentários, no entanto, seguidores questionam por que o parlamentar votou contra a permanência do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) na pasta de Moro.

“O Ministro Sérgio Moro tem uma contribuição histórica e inconteste ao nosso País. Fez e faz um excelente trabalho de combate à corrupção e ao crime organizado, desprendido de qualquer motivação que não seja a de livrar o Brasil dos interesses escusos de quem fez da nossa nação um balcão de negócios ilícitos”, escreveu em uma das publicações.

Porém, quando a Câmara Federal votava uma medida provisória (MP) de reestruturação do Governo, em que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) transferia o Coaf do Ministério da Economia para o Ministério da Justiça, o deputado por Goiás se posicionou contra.

Mudança

É preciso ressaltar que, à época, o Planalto defendia que, por se tratar de órgão responsável por combater a lavagem de dinheiro e fraudes financeiras, deveria ficar sob controle de Moro, que tem como bandeira principal o combate à corrupção.

O próprio ministro disse que o Coaf estaria melhor posicionado no Ministério da Justiça e, na Economia, tenderia a ser negligenciado, porque a pasta de Paulo Guedes possui outras prioridades.

Por meio de assessoria, Glaustin explicou que, à época, votou pela permanência do Coaf na Economia por se tratar de um órgão técnico, de inteligência financeira, que sempre conduziu qualquer irregularidade para órgãos e autoridades competentes e deu certo, inclusive com a Lava Jato, quando o juiz era o Moro.

Ele fez questão de explicar o voto diretamente ao ministro, que, segundo ele, “entendeu com muita serenidade pois sabe que terá total acesso, garantido pelo Guedes”. O mais importante, segundo ele, é a aprovação do pacote anticrime.

View this post on Instagram

O Ministro Sérgio Moro tem uma contribuição histórica e inconteste ao nosso País. Fez e faz um excelente trabalho de combate à corrupção e ao crime organizado, desprendido de qualquer motivação que não seja a de livrar o Brasil dos interesses escusos de quem fez da nossa nação um balcão de negócios ilícitos. O preço por ter uma postura séria, honesta, íntegra e de lutar contra grupos poderosos é alto, mas com toda certeza absoluta Moro não está sozinho nesta batalha. Falei ontem diretamente a ele da minha confiança inabalável na sua conduta e ética e reafirmo isso aqui. Serei um defensor da atuação e da pessoa de Moro aqui no Congresso, pois acredito em seus propósitos. Logo mais, irei pessoalmente manifestar minha total confiança e apoio ao Ministro. A missão de mudar e passar o Brasil a limpo é difícil, áspera, mas vamos vencer com muito trabalho, fé, retidão e Deus no coração. Estamos com você, Sérgio Moro! 👊🏻🇧🇷 #glaustinfokus #deputadofederal #moro #lavajato #euapoioalavajato #euapoiosergiomoro #sergiomoro

A post shared by Glaustin da Fokus 🇧🇷 (@glaustinfokus) on

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Dalmy Pedro

Esse Glaustin tá meio perdido…cria do Sandro Mabel, deveria ter ficado quietinho na suas atividades industriais. Vai somar muito pouco para GOIÁS.