Gilmar Mendes recebe pedido inusitado por WhatsApp após ter celular vazado

Depois de descobrir o número do ministro do STF, uma pessoa aproveitou a oportunidade de contato para pedir a liberação da maconha

Foto: Reprodução Twitter

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes anda tendo dor de cabeça depois que seu número de telefone foi divulgado na internet. Seu celular foi descoberto porque ele foi gravado conversando com o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) e, agora, ele vem recebendo uma enxurrada de mensagens no WhatsApp.

Em uma delas, por exemplo, que teria feito Gilmar dar gargalhadas, alguém escreveu: “Lindão, não senta em cima do processo de legalização da maconha não. O Brasil te ama. Mentira, geral te odeia, mas dá essa força pra nós fumar em paz (sic)”. Atualmente, tramita no STF proposta para legalizar o consumo da droga.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.