Gilberto Marques é empossado presidente do Tribunal de Justiça de Goiás

Além dele, Beatriz Figueiredo tomou posse como vice-presidente e Walter Carlos Lemes como corregedor-geral

Presidente Gilberto Marques Filho | Foto: TJGO

O desembargador Gilberto Marques Filho tomou posse nesta quarta-feira (1/2) como o novo presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJ-GO). Na cerimônia foram empossados também Beatriz Figueiredo Franco como vice-presidente e Walter Carlos Lemes como Corregedor-Geral da Justiça.

Em seu discurso, Gilberto ressaltou sua trajetória na Justiça goiana e focou principalmente na necessidade de administrar o tribunal com responsabilidade e austeridade para conseguir driblar o período de crise financeira e política por que passa o País atualmente.

“Enfrentamos uma onda de dificuldades éticas e financeiras, que comprometem de forma incisiva a Administração Pública. Mas, sou um homem que não foge à luta, aceito os desafios, e por isso, afirmo que este cenário não nos impedirá de superar os obstáculos, pois buscaremos mecanismos alternativos, já que é justamente na crise que o potencial criativo do gestor deve vir à tona, com direção firme e precisa do leme”, afirmou ele.

O presidente adiantou também que pretende firmar parcerias com empresas para gerir o tribunal. “Almejo trazer as benesses das ações da iniciativa privada, no que for compatível com a administração pública, para desenvolvermos ações que coloquem o Poder Judiciário goiano numa situação mais favorável, mesmo diante do presente cenário nacional”, declarou.

Por sua vez, o ex-presidente Leobino usou sua fala pra destacar os feitos de sua gestão, em especial a construção do Fórum Cível de Goiânia e a implantação do sistema digital, que informatizou os processos judiciais.

Participaram da solenidade o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB); o vice-governador de Goiás, José Eliton (PSDB); o prefeito de Goiânia, Iris Rezende (PMDB); o prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha (PMDB); o presidente do Tribunal de Contas de Goiás, Kennedy Trindade; o presidente da seccional goiana da Ordem dos Advogados do Brasil, Lúcio Flávio de Paiva Siqueira; o presidente da Assembleia Legislativa de Goiás, José Vitti (PSDB); o presidente da Câmara de Goiânia, Andrey Azeredo (PMDB); os deputados estaduais Bruno Peixoto (PMDB) e Álvaro Guimarães (PR); o secretário da Fazenda de Goiás, Fernando Navarrete; o secretário de Meio Ambiente e Cidades, Vilmar Rocha (PSD); o ex-prefeito de Aparecida de Goiânia, Maguito Vilela (PMDB); e a ex-secretária da Fazenda de Goiás, Ana Carla Abrão.

Nova direção

Presidente da Alego, deputado José Vitti; governador Marconi Perillo; e o presidente do TJGO, Gilberto Marques

Gilberto Marques é desembargador, formado em 1974 pela Universidade Federal de Goiás (UFG). Sua carreira como magistrado teve início em 1976, em Ivolandia. Desde então, ele já atuou no Juizado da Infância e da Juventude, no 1° juizado Especial Cível e na Vara de Assistência Judiciária de Goiânia, além ter dirigido o Foro da comarca de Goiânia é ocupado a vice-presidência e a corregedoria regional eleitoral do Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO).

A nova vice-presidente, Beatriz Figueiredo Franco atua no TJ-GO desde 2000. Ela foi promotora e procuradora de Justiça entre 1978 e 2000; presidente, vice-presidente e corregedoria-eleitoral do TRE-GO. Beatriz também foi corregedoria-geral da Justiça de Goiás de 2011 a 2013.

Walter Carlos Lemes também é formado na UFG e começou a atuar como juiz em Vianópolis em 1981. Se tornou desembargador em 2003 e já presidiu o TRE-GO entre 2013 e 2015.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.