Gerente dos Correios faz reunião para avisar que funcionário é portador de HIV

Somado ao episódio, o trabalhador era alvo de discriminação por ser homossexual. Agora, estatal terá que pagar indenização

O Tribunal Superior do Trabalho (TST) decidiu condenar a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) a indenizar, em R$ 10 mil, um agente de correios que sofreu “tratamento humilhante e vexatório” no ambiente de trabalho.

Em um dos episódios narrados pelo desembargador convocado Marcelo Lamego Pertence, relator do processo, um dos gerentes da estatal teria chegado a convocar uma reunião, sem a presença do funcionário, para informar aos demais agentes que o rapaz era portador do vírus HIV.

Somado ao episódio, o denunciante também era alvo de discriminação devido à sua orientação sexual. No processo consta que o chefe direto do agente, em tom de deboche, chegou a dizer que ele deveria participar do concurso “Garota dos Correios”.

O funcionário foi contratado em 2004 e entrou na Justiça pelas situações constrangedoras cinco anos depois. Inicialmente, o juiz de primeiro grau determinou que ele recebesse uma indenização de R$ 50 mil.

No entanto, o Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região (PR) reduziu o valor para R$ 10 mil. De acordo com o TRT, o montante fixado originalmente era excessivo, pois, considerando a data da admissão do empregado (2004) e o salário de R$ 707, os R$ 50 mil determinados equivaleriam a praticamente seis anos de trabalho, valor maior do que recebeu em todo o contrato de trabalho até 2009, quando a ação trabalhista começou.

O Correios recorreu ao TST, mas o tribunal entendeu que o valor determinado pelo TRT levou em consideração a culpa da empresa, a extensão do dano e o caráter pedagógico da condenação, observando os critérios da proporcionalidade e da razoabilidade. Para chegar a outra decisão, seria necessária a revisão de fatos e provas, o que não é permitido nessa fase do processo. (Com informações do TST)

Uma resposta para “Gerente dos Correios faz reunião para avisar que funcionário é portador de HIV”

  1. Olenka disse:

    Achei muito pouco! É uma vergonha, até. Por esta divulgação o rapaz pode chegar a nunca mais conseguir emprego porque as fofocas correm….Ele deveria, ao menos, receber um montante que desse para ele conseguir um negócio próprio para poder trabalhar por conta própria !!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.