Geraldo Alckmin acerta filiação com PSB

De olho na vice de Lula, ex-governador de São Paulo deve ter novo partido na segunda quinzena deste mês

De olho na vaga de vice na chapa de Lula (PT), o ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin acertou filiação ao PSB nesta segunda-feira, 7. A expectativa, agora, é que Alckmin assine a ficha de filiação na segunda quinzena deste mês. A data, no entanto, ainda não foi definida. O ex-tucano deixou o PSDB, partido que fundou há mais de 30 anos, em dezembro do ano passado em meio aos rumores a aliança com o ex-presidente.

A ida de Geraldo para o PSB foi confirmada pelo presidente da sigla, Carlos Siqueira, durante encontro em um hotel na capital paulista. Mesmo com resistência interna no PT, o próprio Lula já disse que Geraldo Alckmin é o nome favorito para o posto de vice. Agora, o ex-tucano aguarda oficialização do convite do petista para integrar para poder disputar a presidência ao lado dele.

A aliança entre os dois políticos vem sendo pautada há meses. A possibilidade ganhou força quando Lula e Alckmin se reuniram em um restaurante em São Paulo, em dezembro de 2021. Poucos dias depois, ele deixou o PSDB. Na época, Alckmin havia justificado que era necessário um “novo tempo” na vida política. Desde então, ele vinha sendo disputado por siglas, como Solidariedade e PV, para filiação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.