Geração de emprego é a menor dos últimos três anos em Goiás

Dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta quinta, 28, pelo Ministério da Economia

Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília.

A geração de empregos em Goiás foi a pior dos últimos três anos para o mês de janeiro em 2019. O número consta do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado nesta quinta-feira, 28, pelo Ministério da Economia.

No primeiro mês de 2019, o saldo entre contratações e admissões no Estado foi de 3.777 – apesar de positivo, é um desempenho menor que o registrado em janeiro de 2018 (5.732) e de 2017 (4.767).

O setor que teve o melhor saldo de empregos em janeiro foi o da indústria de transformação com 1.540 vagas com carteira assinada. O número é o resultado de 8.361 contratações e 6.821 desligamentos. Em seguida, vem a agropecuária, que criou 1.742 novas vagas formais de emprego. O setor de serviços também teve saldo positivo (1.633).

Em contrapartida, o comércio demitiu mais que contratou em janeiro. Com 11.340 contratações e 12.561 demissões, o setor encerrou o mês com saldo negativo de 1.221 vagas.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.