George Morais decide disputar prefeitura de Trindade, mesmo inelegível

Caso ganhe, o presidente do PDT pretende recorrer no Tribuna Regional Eleitoral

George Morais | Foto: Divulgação

O presidente do PDT, George Morais, decidiu que irá participar da disputa política em Trindande mesmo com as contas reprovadas no Tribunal de Contas da União (TCU), o que o tornaria inelegível.

Segundo informações, o candidato à prefeitura do município deve recorrer no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) caso vença nas urnas. Na segunda-feira, 21, o Jornal Opção noticiou a possível desistência do candidato por conta de duas contas terem sido consideradas irregulares pelo TCU.

Conforme informado, ele se encontraria com lideranças do partido e apoiadores para definir os rumos do PDT nas eleições. Sua esposa, Flávia Morais, possivelmente assumiria como ‘plano b’ do partido, ou a vice, Aninha, do Solidariedade, seria lançada pela sigla.

Entenda o caso

De acordo com o TCU, George teria praticado irregularidades no convênio 4184/2002, com danos de R$80 mil ao erário; em outro em que foram detectadas irregularidades em um repasse do Ministério de Minas e Energia, no valor de R$1,8 milhão; e em outro processo, de 2014, em um repasse do Ministério das Cidades, irregularidades foram detectadas em um repasse de R$18 milhões. No entanto, o último processo ainda não foi transitado e julgado.

Uma resposta para “George Morais decide disputar prefeitura de Trindade, mesmo inelegível”

  1. Joathan disse:

    Vai ser o futuro prefeito da nossa Trindade estamos juntos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.