Gêmeas siamesas internadas em Goiânia apresentam melhora

As recém-nascidas, que se recuperam de uma pneumonia, voltaram a respirar apenas com o auxílio de oxigênio suplementar

Foto: Arquivo Pessoal

Foto: Arquivo Pessoal

O último boletim médico divulgado pelo Hospital Materno Infantil (HMI) informou que o estado de saúde das gêmeas siamesas internadas no unidade permanece grave, porém estável. As crianças, que foram diagnosticadas com pneumonia na última semana, apresentaram melhora em suas funções cardíacas e respiratórias, e voltaram a respirar apenas com o auxílio de oxigênio suplementar.

Ainda segundo a unidade, a pneumonia já está controlada. De acordo com o médico responsável pelo caso, Zacharias Calil, a administração do medicamento para o tratamento da pneumonia irá continuar até a cura definitiva da doença.

As gêmeas nasceram com 37 semanas, no último dia 10, e são unidas pelo tórax e abdômen, compartilhando apenas o fígado. As meninas são filhas de Jeiel dos Santos, de 25 anos, e Iara Pereira Dourado, de 24. O casal é da Bahia e veio para Goiás em busca de tratamento médico.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.