Gasolina sobe quase 6% no mês e puxa inflação em Goiânia

Prévia da inflação apresenta alta novamente na capital. No índice geral, Goiânia variou 0,39%, a quinta maior alta do país, acima da variação nacional (0,30%)

Posto de combustíveis | Foto: Reprodução/Procon

Em julho, Goiânia registrou variação mensal de 0,39% no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 – IPCA 15, índice próximo ao da variação nacional (0,30%). Com isso, o acumulado do ano, que já estava negativo, fica em -0,50% na capital.

O grupo de maior peso na cesta de compras das famílias com rendimentos entre 1 e 40 salários-mínimos é o transporte, que apresentou alta de 1,73% em julho. A alta do grupo foi pressionada principalmente pela gasolina que variou 5,92%. O etanol variou 3,06% e o óleo diesel, 2,19%. Em sentido oposto, o transporte por aplicativo caiu 15,64%.

Outro grupo de alto peso na cesta de compras das famílias em Goiânia é o grupo habitação que apresentou estabilidade em julho (-0,05%). O índice foi pressionado negativamente pelo subitem energia elétrica residencial que apresentou queda de 0,36%. Por outro lado, o aluguel residencial, subitem com segundo maior peso mensal no grupo, apresentou alta de 0,15%, acumulando 1,40% em 2020.

No índice geral, Goiânia variou 0,39%, a quinta maior alta do país, acima da variação nacional (0,30%). Apenas a região metropolitana do Rio de Janeiro (-0,07%) apresentou deflação em julho.

Para o cálculo do IPCA-15, os preços foram coletados no período de 16 de junho a 14 de julho de 2020 (referência) e comparados
com aqueles vigentes de 15 de maio a 15 de junho de 2020 (base).

O indicador refere-se às famílias com rendimento de 1 a 40 salários mínimos e abrange as regiões metropolitanas do Rio de Janeiro, Porto Alegre, Belo Horizonte, Recife, São Paulo, Belém, Fortaleza, Salvador e Curitiba, além de Brasília e Goiânia. A metodologia utilizada é a mesma do IPCA, a diferença está no período de coleta dos preços e na abrangência geográfica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.