Gaeco deflagra operação contra ex-secretários de Saúde do DF

A operação mira em 13 alvos suspeitos de fraudes na contratação de lavanderias, ocorrida em 2014, durante a gestão de Agnelo Queiroz (PT)

Ex-secretários de Saúde do Distrito Federal foram alvos na manhã desta sexta-feira (4) da Operação Dinheiro Sujo, do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT).

A operação mira em 13 alvos, entre estes os ex-secretários Rafael Barbosa e Elias Miziara, suspeitos de fraudes na contratação de lavanderias, ocorrida em 2014, durante a gestão de Agnelo Queiroz (PT).

A Justiça determinou o bloqueio de R$ 54 milhões do envolvidos.  Estão sendo cumpridos 22 mandados de busca e apreensão no Distrito Federal e em quatro estados: São Paulo, Maranhão, Paraná e Santa Catarina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.