Gabriela Rodart critica atuação irrestrita do YouTube em bloqueio de vídeos

Sessão pública organizada pela vereadora esteve entre conteúdos apontados como problemáticos pela plataforma em suspensão de canal da Câmara

A vereadora Gabriela Rodart (PTB) é uma das que teve o nome atrelado às publicações que levaram à suspensão do canal da Câmara Municipal de Goiânia no YouTube, ao fim de abril. Defensora da liberdade de expressão, a parlamentar questiona a atuação da plataforma e aponta que é necessário discutir medidas que deixem mais claras as decisões, para que não se tornem censura. “O YouTube tem que definir o que pode ou não pode, para que a gente tente encontrar uma forma de falar. Hoje ele tem um contrato com o usuário de postar e publicar vídeos, mas no meio do caminho diz que ‘isso aqui não pode postar e vamos censurar’”, avalia.

Para a parlamentar, a situação gera problema especialmente por conta da necessidade legal de se transmitir o que ocorre dentro da Câmara. Em decorrência da necessidade, inclusive, Rodart sugere que a Casa tenha em mente a possibilidade de buscar outra plataforma com maior independência, visando garantir a liberdade de discussão de pautas públicas. “Se tem um vereador cuja pauta é armamento e o YouTube fala que isso não entra nas diretrizes dele, como ele vai representar os sete mil votos que teve?”, questiona.

Para defender o debate de toda e qualquer pauta no plenário e no YouTube, a vereadora aposta na liberdade da expressão, mas aponta que se guia pela fé para estabelecer os limites necessários. Na opinião de Rodart, as ferramentas de controle de discurso podem se confundir com censura. “A liberdade de expressão é algo que precisa ser respeitado e a liberdade em que eu acredito está abaixo da vontade de Deus. Existe o livre arbítrio, mas existem as consequências. Se for para errar, que erre sob as consequências do sistema prisional, por exemplo”, aponta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.