Funcionário da Enel morre em subestação de energia durante realização de serviços

As operações do local foram totalmente paralisadas e o fornecimento de energia de alguns bairros da capital foi cortado na tentativa de socorrer o homem, que acabou não resistindo 

Funcionário da Enel morre durante medição de energia na Subestação Atlântico. | Foto: Google Maps.

Edivânio Aparecido Pereira, de 48 anos de idade, morreu na manhã desta quinta-feira, 12, enquanto trabalhava em uma das subestações da Enel, em Goiânia. Todas as operações da chamada subestação de energia Atlântico, localizada na região sudoeste da capital, foram suspensas, a fim de que o homem pudesse ser socorrido. 

No entanto, mesmo após 30 minutos de tentativas de reanimação, o Corpo de Bombeiros informou que Edivânio havia falecido. O homem realizava o procedimento de medição de energia no momento em que sofreu o acidente. A interrupção das atividades da subestação geraram falta de energia em diversos bairros de Goiânia, fazendo com que o fornecimento só fosse regularizado por volta de 13:00 h da tarde.

Em nota emitida, a Enel afirmou que todos os seus colaboradores estavam consternados com o ocorrido e que a empresa já havia entrado em contato com a família da vítima para prestar todo o apoio necessário. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.