Friboi reafirma que continua alheio à disputa eleitoral

A declaração veio em resposta ao reboliço gerado na última quarta-feira (16), quando seu braço direito, o advogado Robledo Rezende, divulgou que o empresário o autorizou a apoiar Marconi Perillo

O ex-pré-candidato ao governo do Estado Júnior Friboi (PMDB) divulgou nesta sexta-feira (18/7) uma resposta às especulações de que ele declararia apoio à reeleição do governador Marconi Perillo (PSDB). Na nota Friboi afirmou que não iria interferir nas decisões de seus companheiros, mas que, assim como afirmou quando decidiu retirar sua pré-candidatura, permanecerá acompanhando as eleições deste ano como cidadão.

O reboliço teve início na última quarta-feira (16) à noite, quando o ex-coordenador da pré-campanha de Júnior Friboi e principal articulador político do empresário, Robledo Rezende (PMDB), divulgou que Friboi teria autorizado-o a declarar apoio ao projeto político do tucano e a aglutinar novos apoiadores da oposição à coligação. No dia seguinte, Robledo foi ao Palácio das Esmeraldas se encontrar com Marconi e oficializar o apoio.

Ainda na quinta-feira (17), Robledo se reuniu com sete prefeitos goianos em uma churrascaria no Setor Marista, em Goiânia. Na ocasião Robledo concedeu entrevista ao Jornal Opção Online e garantiu que as lideranças que antes apoiavam a pré-candidatura de Júnior Friboi estão cada vez mais engajadas em angariar votos para o tucano.

Já no escritório do Iris, a conversa era diferente, repleta de dúvidas. Muitos sustentavam que Robledo não era alguém de grande destaque, como também que o apoio a Marconi ainda não havia sido oficializado por parte de Friboi. Outros pontuaram que acreditavam na possibilidade do empresário apoiar o outro lado, mas que se recusavam a acreditar. Já alguns iristas, com teorias conspiratórias, garantiam que Friboi havia sido implantado por Marconi para destruir o PMDB com intrigas internas.

De qualquer forma, Friboi, que já fez parte de quatro partidos (PSDB, PTB, PSB e atualmente PMDB), agiu reiterando o que escreveu em carta antes de deixar sua candidatura no PMDB. Fato é que seus aliados políticos estão ao lado do tucano. Se Friboi está ou não apoiando Marconi Perillo, esse não será um fato declarado para o meio político, tampouco para a população.

Veja na íntegra a resposta de Friboi:

“Amigos,

Quando retirei a minha pré-candidatura, disse que acompanharia a disputa eleitoral apenas como cidadão e continuo fiel à minha palavra. Sempre respeitei as posições dos meus companheiros, portanto, não irei interferir em suas decisões de apoio.

Continuo trabalhando por Goiás e desejando o melhor para a população nessas eleições!”

 

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.