Frederico Jayme, do PMDB, recusa coordenação política de Marconi, mas apoia reeleição do tucano

Peemedebista comandou campanha de Maguito Vilela ao governo do Estado em 2002. Agora, vai tentar atrair novos apoiadores no interior, inclusive os do próprio partido

Jayme em dois momentos: com Marconi (à esquerda) e Iris | Fotos: Reprodução

Jayme em dois momentos: com Marconi (à esquerda) e Iris | Fotos: Reprodução

O ex-deputado estadual Frederico Jayme (PMDB) foi convidado para ser o coordenador político da campanha à reeleição do governador Marconi Perillo (PSDB), mas recusou o convite. Mesmo assim, disse que apoia a disputa do quarto mandato do tucano, e não a de Iris Rezende (PMDB).

Em entrevista ao Jornal Opção Online nesta quarta-feira (9/7), Jayme explicou que, em primeiro lugar, declinou da chamativa por não pertencer a nenhum partido da base aliada. Questionado como conciliaria a situação caso aceitasse o desafio, o ex-presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE) relatou que havia avaliado a proposta e concluiu que teria dificuldades na condução do processo, justamente pelo trânsito que tem na situação e na oposição.

Ex-coordenador da campanha do prefeito Maguito Vilela ao governo estadual em 2006, o peemedebista ressaltou que o cargo limita a atuação dentro de “determinados parâmetros”. “Quero ter uma atividade política com mais liberdade de ação”, justificou.

Ligado a Goianésia e outras cidades da Região Norte, o trabalho dele será focado na tentativa de aumentar o apoio ao governador. Inclusive com militantes do PMDB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.