Francisco Jr: “Não tem mais escolha de pré-candidato. Agora precisamos trabalhar”

Definido como nome do PSD para a prefeitura de Goiânia, Francisco Jr. convoca reunião para formação de chapa de pré-candidatos à Câmara Municipal

Deputado estadual Francisco Jr. fala aos militantes do PSD como pré-candidato do partido à prefeitura de Goiânia | Foto: Larissa Quixabeira / Jornal Opção

Deputado estadual Francisco Jr. fala aos militantes do PSD como pré-candidato do partido à prefeitura de Goiânia | Foto: Larissa Quixabeira / Jornal Opção

“A partir de agora não temos mais dois pré-candidatos. Temos um pré-candidato e é Francisco Júnior”. Foi com estas palavras que o presidente do PSD em Goiás, Vilmar Rocha, anunciou a decisão que deu fim à disputa entre Francisco Júnior e Virmondes Cruvinel.

Já como o nome do partido para as eleições de outubro, Francisco afirmou que “agora não tem mais conversa sobre quem vai ser o pré-candidato. Precisamos arregaçar as mangas e trabalhar. Ir para as rua, conversar com as pessoas, gastar sola de sapato e saliva.”

A decisão foi definida em uma votação na sede do diretório regional do PSD, no setor Oeste em Goiânia. Depois de tentativas frustradas de chegar a um consenso, na manhã desta quinta-feira (3/3), os membros do diretório municipal da sigla, bem como deputados estaduais e federais que tenham domicílio em Goiânia, votaram e escolheram Francisco Jr., no que foi chamado de “pré-convenções”.

O deputado federal licenciado e secretário estadual de Desenvolvimento, Thiago Peixoto, que participou do processo, explica: “Como não houve consenso e nem um critério de escolha de um ou outro pré-candidato, a forma de resolver seria levar para a convenção. Estão aqui hoje, todos os filiados que votam na convenção, então o resultado de hoje é oficial.”

Logos após os discursos animados de Vilmar Rocha e Thiago Peixoto, Francisco Jr. tomou a palavra e agradeceu a maneira como foram conduzidas as prévias do partido e acrescentou “Eu e Virmondes não conseguimos chegar a um consenso porque os dois têm motivos suficientes para a candidatura. Quero agradecer a forma como foi conduzido todo o processo e quero apenas dizer que aceitei ser o nome do PSD porque entrei na política para fazer a diferença.”

Depois de muito aplaudido por militantes presentes na sede do diretório, Francisco Jr. convocou todos os pré-candidatos a vereadores para uma reunião na próxima segunda-feira (7/3), quando pretende iniciar os trabalhos de consolidação de chapa.

Segundo o presidente do partido em Goiás, Vilmar Rocha, a partir de agora, o PSD já começa a fazer as gestões necessárias para formação de chapa de vereadores, alianças com outros partidos e escolha de nome para vice-prefeito.

Outro nome que disputava a pré-candidatura do partido, o deputado estadual Virmondes Cruvinel, estava presente durante a votação, mas deixou a sede do diretório regional antes mesmo do anúncio da decisão final. A reportagem do Jornal Opção tentou contato com o deputado, mas não conseguiu até a publicação da matéria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.