Francisco Jr. cobra posicionamento do poder público sobre Uber em Goiânia

Candidato do PSD afirma que, se eleito, irá regularizar serviço de transporte individual em Goiânia

Montagem/Jornal Opção

Montagem/Jornal Opção

Ao avaliar as dificuldades do transporte público o candidato do PSD em Goiânia, Francisco Júnior, criticou a omissão da prefeitura na discussão sobre o Uber. “Sou a favor da regulamentação. É uma realidade internacional. A não regulamentação produz essa selvageria que a gente vê na cidade, pessoas se atracando nas ruas. É absurdo o poder público ficar omisso. A prefeitura não pode deixar eles ficarem se enfrentando nas ruas”, disse o candidato.

Segundo ele, é preciso colocar na mesma mesa os taxistas, os representantes da Uber e conversar de forma civilizada. “A regulamentação em nível municipal é precária neste momento, então ela tem que ser sensata, dialogada. A forma que se entender que é viável. O problema é que não está tendo diálogo. O que não pode acontecer é a ausência por medo de desgaste”, afirma Francisco Júnior.

O candidato lembrou que a regulamentação em todo o país está em trâmite no Congresso Nacional, numa iniciativa do seu colega de partido, deputado federal Thiago Peixoto.

“Enquanto não vem essa regulamentação o poder não pode ficar omisso. Nem que ele chame e fale: ‘Uber, não pode agora. Tem que esperar’. Mas alguma coisa tem que fazer. Nós temos uma realidade social, então é preciso entender que as pessoas estão acima dos negócios. E o poder público não pode ficar omisso”, disse Francisco Júnior.

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Booker

O Uber é uma empresa, e ela já tem gestão e se auto regula – inclusive muito melhor que os taxistas. Não é preciso que o Estado se intrometa.