Forte tremor atinge região noroeste da Argentina

Epicentro do fenômeno ocorreu a 120 km de profundidade, próximo à cidade de Chilecito, a 1.200 km de Buenos Aires

Foi registrado neste domingo (13/11) um tremor de magnitude 6,2 na escala Richter, na província de Rioja, na Argentina. O fenômeno, com epicentro na cidade a Chilecito, a 1.200 km da capital Buenos Aires, foi confirmado pelo Instituto Nacional de Prevenção Sísmica.

O tremor pôde ser sentido nas províncias vizinhas de Catamarca, Tucumán e Córdoba. Até o momento, autoridades do Chile e Argentina não reportaram possíveis vítimas ou danos.

O tremor foi sentido por volta das 8h locais (9h, no horário de Brasília) e não há registros de vítimas ou de danos graves.

Ainda neste domingo, um tsunami de dois metros de altura atingiu a Ilha do Sul da Nova Zelândia, após um forte terremoto de magnitude 7,8 na escala Ritcher ser sentido no local. Uma série de tremores secundários foram registrados em todo o país, alguns com magnitude 6,1.

De acordo com a agência de notícias Reuters, o terremoto neozelandês – que foi inicialmente divulgado como de 7,4 graus – aconteceu a 91 quilômetros ao nordeste da cidade de Christchurch, às 9h no horário de Brasília.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.