Força-tarefa que investiga roubo de máquinas agrícolas em Goiás prende novos suspeitos

Na primeira fase, deflagrada em janeiro, as autoridades realizaram a prisão de quatro pessoas. Desta vez, outros dois foram detidos

Ação é desdobramento de operação deflagrada no início de 2020 que investiga uma organização criminosa especializada no roubo de maquinas e defensivos agrícolas na Região Norte de Goiás | Foto: Divulgação

A força-tarefa composta pela Polícia Civil de Goiás (PC-GO), através da delegacia especializada contra roubo de cargas (Decar) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) deflagrou, na manhã da última terça-feira, 15, a Operação Campo Limpo II. Trata-se de um desdobramento de uma operação instaurada no início do ano e que investiga uma organização criminosa especializada no roubo de maquinas e defensivos agrícolas na Região Norte de Goiás.

A ação dos criminosos já resultou em um prejuízo de aproximadamente R$ 2 milhões. Segundo a Polícia Civil, assim que os roubos foram comunicados as equipes já deram início às investigações na tentativa de identificar os criminosos.

Por meio do compartilhamento de informações foi possível identificar alguns dos envolvidos, sendo que na primeira fase, deflagrada em janeiro, as autoridades realizaram a prisão de quatro pessoas. Dentre elas estavam dois grandes fazendeiros.

Nesta fase da Operação, foram expedidos mandados de prisão que resultaram na prisão de dois indivíduos. Eles possuem vários registros de passagens pela polícia e foram encontrados após diligências nas cidades de Uruaçu, Estrela do Norte, Niquelândia, Mararosa e Campinorte.

Também foram recuperados três veículos, além de realizadas apreensões de armas de fogo e munições. Todo o material foi levado à delegacia de Polícia Civil em Uruaçu.

O grupo criminoso tinha como modus operandi a venda do produto roubado por valores muito menores que os praticados no mercado, as investigações prosseguiram e mais três pessoas foram qualificadas como sendo os responsáveis pelos roubos e vendas a fazendeiros locais a preços abaixo do valor de mercado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.