“Foi pelo Brasil”, diz presidente do PSDB goiano sobre rejeição da denúncia contra Temer

Giuseppe Vecci foi um dos 10 deputados de Goiás que votaram contra  admissibilidade da denúncia contra o presidente

Giuseppe Vecci discursa durante encontro do PSDB de Goiás – Foto: Matheus Monteiro

O deputado federal Giuseppe Vecci (PSDB) foi um dos 10 deputados de Goiás que votaram contra a admissibilidade da denúncia contra o presidente Michel Temer. “Não foi um voto de gosto, foi pragmático pelo Brasil”, justificou em entrevista ao Jornal Opção.

Segundo ele, a maioria dos  deputados que votaram a favor do Temer não votaram para o presidente, mas para o país. “Entende-se que vamos ter eleição para presidente daqui 11 meses. O Brasil não poderia ficar sangrando em um processo de impeachment”, explicou.

Vecci disse ainda que não é simpático ao governo. “Mas minha consciência é muito mais de nação do que partidária”, acrescentou.

A entrevista do deputado foi dada minutos antes de seu discurso no último encontro do PSDB de Goiás antes da Convenção Estadual. O evento contou com a participação de representantes de diversos segmentos do partido. “Nós estamos oxigenando o partido”, disse ele sobre a reunião.

“Nesses 19 encontros no Estado de Goiás conseguimos trabalhar uma compreensão melhor do que é o PSDB”, garantiu.

PSDB Nacional

Vecci disse ainda que o trabalho e expetativa atual é que o governador Marconi Perillo (PSDB) seja presidente nacional do partido. “Acredito que pelo tom de união e capacidade que o Marconi tem ele pode ajudar ao PSDB”, justificou.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

BOLSOMITO

Foi pelo Brasil!! ou foi porque eu recebi umas emendas!! PSDB, PT e PMDB é tudo igual…
LADRÕES