Flávio Buonaduce vai implantar atendimento virtual via aplicativo de celular

Versão eletrônica da Ordem irá oferecer um panorama em tempo real das demandas observadas no dia a dia dos advogados goianos

O candidato à presidência da OAB Goiás Flávio Buonaduce anunciou na última semana a proposta de implantação do aplicativo Canal OAB, uma central de monitoramento ligada diretamente ao Observatório da Advocacia Goiana. A versão eletrônica da Ordem tem como intuito oferecer um panorama em tempo real das demandas observadas no dia a dia dos advogados de todo o Estado.

Segundo Buonaduce, o aplicativo irá funcionar como um canal direto de comunicação entre o advogado e a administração. Serão diversos serviços que poderão ser disponibilizados de modo on-line para facilitar ainda mais a comunicação entre OAB e os inscritos.

O advogado poderá, por exemplo, consultar informações, receber notícias, conferir tabela de honorários, sugerir ações, apontar problemas, e até mesmo vai poder solicitar, via aplicativo, a presença de representantes da nova central de prerrogativas, na capital e interior.

O aplicativo será um braço online do Observatório da Advocacia Goiana, um movimento interno criado pelo próprio Buonaduce com o propósito de dar voz aos advogados na capital e no interior, discutindo ideias e reunindo sugestões e propostas, as quais irão compor o seu projeto administrativo para 2016/2018 e que, posteriormente, servirá como uma ferramenta de gestão dentro da OAB.

“Diante das possibilidades tecnológicas atuais e do sucesso do diálogo gerado com nosso trabalho, pensamos em ampliar o alcance do Observatório, criando o Canal OAB. O advogado quer não só ser ouvido, mas também quer respostas, um feedback rápido e eficiente de quem administra a Ordem”, argumentou o candidato.

A ideia é que, com o aplicativo, o advogado também possa acessar todos os serviços on-line disponíveis no site oficial da OAB. O Canal OAB deverá ser apresentado em sistema com versão multiplataforma que permitirá visualização adequada em desktop e em dispositivos móveis como celulares e tablets.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.