Flávio Buonaduce retira candidatura e disputa pela presidência fica entre Enil, Macalé e Caiadinho

De acordo com o diretor da Escola Superior de Advocacia, a desistência da candidatura se deu pelo fato de seu nome não ter “pegado” entre os conselheiros

*Informações: Sarah Teófilo

O diretor da Escola Superior de Advocacia, Flávio Buonaduce Borges, que havia se candidatado à presidência da OAB-GO para o mandato-tampão decidiu retirar sua candidatura. Continuam na disputa pela presidência Enil Henrique de Souza Filho, Sebastião Macalé (atual presidente) e Alexandre Caiado.

De acordo com Flávio Buonaduce, sua candidatura havia sido lançada porque alguns colegas sugeriram que isso evitaria uma desavença entre os diretores Enil Henrique e Sebastião Macalé. Porém resolveu retirar a candidatura porque seu nome não “pegou”.

Segundo o ex-candidato, a tendência era que a Enil Henrique ganharia a disputa. Ele afirmou, entretanto, que como os conselheiros podem mudar de ideia, “só dá pra saber [quem vai ser eleito] na hora da votação”.

Sobre a diferença de gestão entre os candidatos, Flávio Buonaduce garantiu que as gestões seriam a “mesma coisa”. “A maior diferença entre eles é que o Alexandre não está na diretoria”, afirmou.

Mandato-tampão

A eleição para presidente da Ordem dos Advogados do Brasil Seção Goiás foi convocada após a renúncia do então presidente Henrique Tibúrcio. Os 80 conselheiros da Ordem vão ser responsáveis por definir quem assume a presidência até o dia 31 de dezembro.

Quem for eleito deve convocar, na segunda quinzena de novembro,  as eleições tradicionais para a composição da nova diretoria, do triênio 2016/2018.

 

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.