Fisco autua cargas de grãos sem notas no Entorno do Distrito Federal

Cargas autuadas em três dias dessa semana foram avaliadas em R$ 488 mil

Divulgação

Comandos volantes da Delegacia Regional de Fiscalização de Luziânia, com o apoio do Batalhão Militar Fazendário, realizaram operações em três rodovias – BR-040, BR-050 e G0-010, nas divisas de Goiás com Minas Gerais e o Distrito Federal e lavraram vários autos pelo transporte irregular de grãos, especialmente soja, milho e café.

As cargas autuadas em três dias dessa semana foram avaliadas em R$ 488 mil. Entre ICMS sonegado e multas, foram recolhidos ao erário R$ 121,8 mil. Várias carretas foram paradas e as autuações atingiram 102 toneladas de sojas, 230 toneladas de milho em grãos e 30 toneladas de café.

O fisco encontrou diversas irregularidades como o transporte de mercadoria sem nota fiscal, a utilização de notas fiscais frias emitidas por outros estados, a simulação de operação interna e “outras práticas delituosos com o intuito de sonegar o ICMS”, diz o supervisor fiscal de Luziânia, Montaigne Mariano de Brito.

A operação começou na segunda-feira (9) e terminou nesta quinta-feira (12) e pode ser realizada outras vezes no Entorno do Distrito Federal. No combate à sonegação, a Secretaria da Fazenda usa ferramentas modernas de fiscalização para acompanhar o trânsito de mercadorias pelo Estado.

Deixe um comentário