Fiscalização por videomonitoramento registra 70 infrações em quatro dias no Aeroporto de Goiânia

Serão utilizadas três câmeras distribuídas nos setores de embarque, desembarque e estacionamento. Período educativo segue até o dia 23 de junho

Foto: Reprodução

A Prefeitura de Goiânia, por meio da secretaria municipal de Trânsito, Transporte e Mobilidade (SMT), vai começar a fiscalização por videomonitoramento no Aeroporto Santa Genoveva a partir da próxima segunda-feira, 24. Serão utilizadas três câmeras com padrão internacional de alcance e exatidão, distribuídas nas áreas de embarque, desembarque e estacionamento.

Segundo o titular da pasta, Fernando Santana, o serviço de videomonitoramento funcionará nos mesmos moldes da fiscalização no Parque Vaca Brava e na Avenida Universitária. De acordo com a SMT, nessas regiões houve redução de 80% no número de infrações.

Com os testes iniciais do videomonitoramento no aeroporto, em quatro dias foram registradas 70 infrações, a maioria por estacionamento irregular.

O período educativo começou no dia 4 de junho e segue até o dia 23. O gerente de Educação no Trânsito, Horácio Ferreira, explica que já foram realizadas 13 ações nos períodos matutino e vespertino, com distribuição de 1.500 panfletos. Os agentes da SMT também realizam abordagens pessoais para explicar as mudanças aos usuários.

Confira as principais infrações:

-Parar o veículo sobre faixa de pedestre: infração leve, multa de R$ 88,38 e três pontos na CNH.

-Falar ao celular, jogar ou abandonar lixo nas ruas, estacionar nas esquinas, estacionar veículo onde há sinalização de proibido estacionar, dirigir o veículo transportando animais sem a observância das normas e parar no cruzamento das vias: infração média, multa de R$ 130,16 e quatro pontos na CNH.

-Deixar o condutor ou passageiro de usar o cinto de segurança, estacionar o veículo sobre o passeio, sobre a faixa de pedestres, sobre a ciclofaixa fora do período permitido, ao lado de outro veículo em fila dupla, onde há sinalização de proibido parar e estacionar: infração grave, multa de R$ 195,23 e cinco pontos na CNH.

-Dirigir e manusear aparelho celular; conduzir motocicleta sem capacete ou com o farol desligado; avançar o sinal vermelho do semáforo; transportar criança em veículo automotor sem observâncias das normas: infração gravíssima, multa de 293,47 e sete pontos na CNH.

3 respostas para “Fiscalização por videomonitoramento registra 70 infrações em quatro dias no Aeroporto de Goiânia”

  1. Avatar Algum disse:

    Vamos arrecadar né, afinal de contas tem um estacionamento pago de algum companheiro que está deixando de lucrar.
    Criar vaga de estacionamento é que não pode, Deus me livre mariada caloteira.

  2. Avatar Ilder disse:

    INDÚSTRIA DA MULTA EM AÇÃO NOVAMENTE!

  3. Avatar Valter Luís Oliveira disse:

    Sou motorista de aplicativos, e o que vem acontecendo no aeroporto, é uma batalha entre a Infraero e nós motoristas, no horário de pico no aeroporto fica impossível vc pegar um passageiro sem cometer nenhuma infração, pois o espaço do aeroporto e mal planejado são placas de proibido parar e estacionar por toda a área externa, os taxistas tem seu local pré determinado, e não são incomodados, agora nós motoristas de aplicativo constantemente somos abordados por taxistas arrumando encrenca filmando e fotografando nossos veículos, a Infraero já nos comunicou para sairmos da área de estacionamento de onibus acima perto das locadoras de veículos, mas tbem não nos deram outra opção para parar, pois o que querem realmente é que não possamos mais trabalhar ali no aeroporto, brevemente não vamos mais estar ali e isso vai afetar diretamente o usuário pq uma multa que a gente toma leva embora os ganhos do dia, e não tem como não parar em fila dupla ou mal estacionado ali na pista externa pois o movimento no horário de pico é enorme, e não vemos hora nenhuma um agente de trânsito ali para regular o trânsito, é muito fácil falar que vai multar, mas não dão alternativa para que isso não aconteca, a mesma coisa são a indústria de multa com os radares em goiania, são uma verdadeira armadilha para os motorista tem lugares que em menos de 200 metros tem 7 radares, se não for indústria de multa me digam o que é então, e lá no aeroporto quem vai perder será os dois lados motoristas e passageiros pois não demora vamos deixar de levar e buscar pessoas lá, pq não tem como não sair com uma multa daquele local, queremos soluções para facilitar o embarque e desembarque de pessoas, não multa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.