Fiscalização flagra lojas da região da 44 funcionando de maneira irregular

Mais de 100 peças de roupas foram apreendidas durante uma ação da Guarda Civil Metropolitana

A Guarda Civil Metropolitana de Goiânia apreendeu neste sábado, 23, mais de 100 peças de roupas que estavam sendo comercializadas de forma irregular na região da Rua 44. O material foi levado para o depósito da prefeitura da capital

Segundo a Guarda, a mercadoria estava sendo vendida de maneira irregular, com clientes dentro das lojas, contrariando as regras do decreto do governo estadual, que determinou que a comercialização de roupas seja feita apenas por delivery ou drive thru.

Em um dos casos, os fiscais da guarda encontraram uma loja de roupas infantil de portas baixadas, mas cheia de clientes.

Os lojistas da região pleiteiam a reabertura dos estabelecimentos em junho e já entregaram um ofício ao prefeito Iris Rezende (MDB) propondo a adoção de 24 medidas para evitar contaminação pelo novo coronavírus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.