Fiscalização apreende cinco carros de som em festa clandestina, em Aparecida

Ação ocorreu após denúncia de moradores da região por perturbação do sossego público

A força-tarefa de fiscalização das regras estabecidas para contenção da transmissão da Covid-19, em Aparecida, apreendeu cinco veículos com som automotivo. As apreensões foram realizadas na madrugada deste sábado, 29, em diversos bairros da cidade. A ação foi possível graças a denúncias de moradores.

De acordo com os fiscais que atuaram nas abordagens, todos os veículos apreendidos estavam com som ligado em alto volume. Os automóveis foram encaminhados para o pátio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semma) e os proprietários foram multados por perturbação do sossego. Os valores das multas variam de R$ 500 a R$ 5 mil. As apreensões ocorreram nos bairros Centro, Nova Olinda, Cidade Livre, Bairro Cardoso e Jardim Miramar.

Ao todo, 36 pessoas foram multadas por não uso de máscara e 28 estabelecimentos entre bares e distribuidoras foram visitados, duas distribuidoras de bebidas foram interditadas por não terem a documentação de funcionamento completas.

“A Pandemia ainda não acabou e para que os números da doença na cidade não voltem a subir, as fiscalizações continuam com rondas de rotina e atendendo também as denúncias de moradores”, comentou o coordenador geral da Fiscalização em Aparecida, Davi Lorero. A força-tarefa de Fiscalização é formada por fiscais Semma, Planejamento e Regulação Urbana, agentes da Vigilância Sanitária e da Guarda Civil Municipal (GCM).

Trabalho conjunto

Caso o morador flagre alguma irregularidade ou descumprimento das regras sanitárias, as autoridades orientam que as equipes sejam acionadas por meio dos seguintes canais de comunicação: 3545-5992 ou 153; além dos números 3238-7216 ou 98459-1661 para perturbação do sossego público.

Cenário

Aparecida está no cenário verde, de risco baixo, do isolamento social intermitente por escalonamento regional das atividades econômicas. Os comércios não essenciais fecham uma vez por semana, conforme a macrozona em que se encontram e a cada dia, de segunda a sexta, fecham duas das dez macrozonas da cidade.

Festas e eventos podem ser realizados seguindo regras estipuladas por portaria específica após aprovação do Comitê de Prevenção e Enfrentamento a Covid-19 de Aparecida, como o local ter todos os alvarás e documentação; apenas 30% da capacidade do local, limitando a 100 pessoas; alcool em gel e medição de temperatura; uso de máscara e distanciamento de 1,5 m entre as mesas.

Shows ao vivo também são permitidos, porém, sem pista de dança. Bares e restaurantes foram liberados para funcionar, mas também precisam seguir série de regras, além de possuírem toda a documentação legal para exercerem tal atividade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.