Fiscais apuram novo desmatamento na Chapada dos Veadeiros

Os fiscais da Semad, que calculam que foram desmatados 200 hectares, aplicaram multas no valor de 1,2 milhão de reais

Desmatamento irregular na região Apa de Pouso Alto, no município de Cavalcante | Foto: Divulgação

A revista “Veja” publicou mais uma denúncia sobre desmatamento na Chapada dos Veadeiros. “Uma operação contra desmatamento irregular na região da Área de Proteção (APA) de Pouso Alto, no município de Cavalcante, resultou em multas que somam 1,230 milhão de reais e o embargo de 112,5 hectares.”

Os criminosos devastaram 200 hectares de vegetação nativa. Os fiscais avaliam que, “pela quantidade de maquinário” que foi apreendido, o desmatamento “poderia chegar a mil hectares”.

Fiscais da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semac), apoiados pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), foram responsáveis pela operação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.