Filiado ao Patriota, Zander não descarta disputar reeleição pelo PP, MDB ou PSDB

“Sou de centro e tenho boa relação com diversos partidos. Isso me permite muitas portas abertas”, afirma vereador que analisa melhor chapa para concorrer no pleito

Vereador Zander Fábio (Patriota) | Foto: Alberto Maia

Em abril deste ano, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deve abrir por 30 dias a chamada “janela partidária”. Com ela, políticos que queiram se reeleger podem trocar de partido pelo período de um mês, sem perder o mandato, antes que sejam anunciadas as candidaturas e se iniciem as campanhas.

Com as mudanças na legislação eleitoral e a perda das coligações proporcionais, os partidos deverão investir nos próprios puxadores de votos para conseguir cadeiras nas câmaras municipais. Candidatos também vão buscar partidos que sejam mais fortes para confiarem suas candidaturas. Com isso, quem pretende se eleger ou reeleger já começa a analisar e articular o cenário para diminuir riscos em outubro, quando chegar a vez das urnas.

O vereador Zander Fábio (Patriota) é um dos que já se antecipam. “Agora se intensifica a disputa e havendo uma chapa em condições favoráveis, devo permanecer no meu partido”, declarou o parlamentar ao Jornal Opção nesta terça-feira, 14. Para ele, o Patriota é o que melhor oferece condições para disputar novamente uma cadeira na Câmara.

Sobre os candidatos da sigla prontos para o pleito municipal, Zander adiantou: “Temos por parte do [Jorcelino] Braga eu, que sou o vereador eleito do Patriota, e os outros quatro que vieram na fusão com o PTC. [Romário] Policarpo veio a convite meu. Temos intenção de levar Policarpo a uma vice-candidatura à prefeitura”, contou.

“Temos que fazer chapa pura e com a porcentagem certa de mulheres. Nós temos 16 agora. Trabalhamos diuturnamente nesse sentido de haver proporcionalidade”, lembrou. No entanto, Zander não descarta a possibilidade de aproveitar a janela partidária. “A única chance [de troca de filiação] é o partido não me dar condições”, disse o vereador que confessou ter convites do PP, MDB, PSDB e, até mesmo, do PCdoB. “Sou versátil”, brincou.  “Sou de centro e tenho boa relação com diversos partidos. Isso me permite muitas portas abertas.”

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.