Filha de presidente afastado do Pros ganha medida protetiva na Justiça

Eurípedes Júnior é indiciado pela PC por agressões contra a filha, após disputa por carro

Eurípede Júnior, presidente afastado do PROS / Foto: Janine Moraes/CB/D.A Press

A Justiça do Distrito Federal determinou uma medida protetiva contra o presidente afastado do Partido Republicano da Ordem Social (Pros), Eurípedes Júnior. A determinação ocorreu após indiciação por agressões contra a própria filha, pela Polícia Civil de Goiás.

Com isso, Eurípedes deve manter distância de ao menos 200 metros da jovem de 19 anos. Ela havia registrado ocorrência contra o pai, após uma disputa por um carro. De acordo com a PC, a jovem tinha marcas de mordidas e hematomas pelo corpo.

A medida foi proferida na última sexta-feira, 10. De acordo com os advogados, foi recebida com normalidade. Eurípedes Junior foi afastado pelo partido em decisão unânime tomada em uma reunião no Diretório Nacional. Ele também é acusado de desviar R$5 milhões do fundo partidário e eleitoral, além de lavagem de dinheiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.