Filha de pastor evangélico desfila nua na Sapucaí

Apesar da polêmica, mulher considera que ato se justifica pelo contexto artístico do carnaval

Foto: Divulgação

O carnaval de 2019 encerrou cercado de várias polêmicas. A quarta-feira de cinzas foi dia de fazer um balanço de tudo de mais polêmico que se passou pelos dias de folia. Um dos casos de maior visibilidade foi a filha de um pastor evangélico que teria desfilado nua em uma escola de samba.

Segundo a matéria divulgada pelo portal UOL, Simone Cerqueira, que é atriz, desfilou na avenida fazendo toplass, ou seja, sem a parte de cima da roupa. Isso foi suficiente para causar alvoroço entre a população conservadora. Entretanto Simone justifica pelo contexto artístico.

“Não estou com vergonha, sou atriz e essa fantasia, ou melhor, a falta dela, tem um contexto. Se não tivesse, nem topava. Meu pai tem 64 anos e é pastor evangélico. Falei para ele que ia desfilar com pouca roupa, mas não disse que era pelada”, disse ela.

A atriz disse ainda que o pai iria descobrir pela televisão, mas que ela explicaria o contexto e ele iria entender.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.