“Ficou comprovado que, enquanto Iris for vivo, ele vai ser o eterno candidato do PMDB”, diz Gedda

De acordo com o friboizista, a vontade do ex-governador vai sempre prevalecer dentro do partido

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Para o deputado estadual Francisco Gedda (PTN), um dos mais próximos companheiros de Júnior Friboi (PMDB), a retirada da pré-candidatura do empresário ao governo do Estado, prova que o dono do PMDB é o ex-governador Iris Rezende.

A declaração foi concedida momentos após Friboi retirar oficialmente sua pré-candidatura ao governo do Estado na tarde desta quinta-feira (22/5). Em carta aberta, o empresário declarou que não “tinha o interesse de dividir a legenda”, e que só ingressou no PMDB porque ouviu do próprio Iris que o líder não pretendia concorrer ao governo.

“Ficou comprovado que, enquanto Iris for vivo, ele vai ser o eterno candidato do PMDB”, afirmou Gedda ao Jornal Opção Online. Ele comentou que a vontade do Iris vai sempre prevalecer dentro do partido e que não deixará ninguém ser candidato ao governo, ainda que diga o contrário — que nunca impediu que outra liderança crescesse no partido. “Ele é realmente o dono do PMDB”, alfinetou.

Quando questionado se Friboi vai ou não apoiar o Iris na candidatura ao governo do Estado, Gedda disse não saber, que só Friboi pode afirmar isso. Entretanto, Gedda acha que “ele [Friboi] vai seguir com a sua vida”.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

odlan cruzeiro

Mais se foi o IRIS um dos fundadores do PMDB nada mais justo, tem mais intimidade dentro do partido, mais eleitores, e outros predicados. Agora é dificil querer entrar num partido como o PMDB, e de cara ser candidato a governador. Agora se os candidatos fossem Maguito Vilela, Daniel Vilela, Samuel Belchior, Bruno Peixoto, e tantos outros, poderia até contestar. Mas nestas circusntancias tem de ser Iris. Obrigado pela atenção!