A 10ª edição do Festival Anapolino de Música (Famu) acontece neste final de semana, de 6 a 8 de outubro, na Praça Dom Emanuel. O tradicional evento do calendário da Prefeitura de Anápolis, além de fomentar o circuito de música autoral da cidade, terá a distribuição de R$ 95 mil em premiações para os projetos e intérpretes da cidade.

O Famu é realizado por meio do Fundo Municipal de Cultura e leva, também, aos palcos atrações de Pirenópolis, Brasília e Goiânia que concorrem a melhor canção na categoria single e melhor show na categoria pocket show do festival.

Ao todo, foram inscritas 217 propostas entre as categorias pocket show, com a inscrição de 80 candidaturas, e single, com a inscrição de 137 canções autorais. Um recorde desde a criação do festival em 2009, que revelou diversos talentos do município.

O evento terá ainda um painel sobre o ‘Mercado da Música’, realizado no sábado a partir das 9h da manhã e uma reunião do setorial de música do Conselho Municipal de Cultura às 16h.

O painel reunirá profissionais da indústria para discutir tendências e oportunidades para os artistas locais, além de promover insights sobre promoção e estratégias online, meios de monetização e conexão da cena musical.

Já a reunião do setorial de Música servirá para discutir os desafios do setor cultural na cidade e compreensão das políticas públicas de fomento, como Lei Aldir Blanc e Paulo Gustavo, além da construção de novas políticas públicas.

Infância e iniciação musical

Este ano, uma das novidades foi o 1º Famuzinho. Realizado nas Escolas Municipais Cora Coralina, Ayrton Senna e José de Assis, as crianças dessas unidades de ensino se apresentarão, mostrando seus talentos.

Uma experiência única aos envolvidos que na sexta-feira, 6, terão a chance de se apresentar no palco do Famu. A ação tem o objetivo de estimular a produção musical na infância, a percepção da arte como expressão da realidade e das emoções.

Leia também:

A cidade de Ana II: a plataforma urbana da cidade de Anápolis

Justiça decreta prisão preventiva de policiais militares de Anápolis acusados ​​de homicídio