Festival de documentários em Pirenópolis começa nesta terça-feira (15)

III PirenópolisDoc tem todas as atividades gratuitas e abertas ao público

Filme de abertura do festival. Nome: Iracema – Uma Transa Amazônica. Direção: Jorge Bodanzky e Orlando Senna | Divulgação

Pirenópolis se tornará a capital do cinema documentário brasileiro a partir desta terça-feira (15/8) com o início da terceira edição do PirenópolisDoc, festival que promete movimentar a cidade histórica com uma extensa programação. Todas as atividades serão gratuitas e abertas ao público e se estenderão ao longo de toda a semana, até o dia 20 de Agosto.

Com um número recorde de filmes inscritos – mais de 540, de todas as regiões do país – o PirenópolisDoc se consolida como um importante evento no calendário anual do circuito brasileiro para os amantes e profissionais do cinema.  A programação contará com exibições de 30 filmes selecionados em três mostras competitivas – Nacional de curtas e longas-metragens e Regional, com prêmios de Júri Oficial, Júri Jovem e Júri Popular.

Além disso, uma grande novidade: a Mostra de Cinema Noutras Falas, realizada em parceria com a Associação Ao Norte e o Cineclube de Avanca, ambos de Portugal. A Mostra traz um conjunto de filmes que busca aproximar os países falantes da língua portuguesa, com exibições de obras de Guiné Bissau, Moçambique, Angola e Portugal. Este é o preâmbulo para o possível alargamento das fronteiras do PirenópolisDoc, que, a partir dessa edição, abre espaço para o encontro entre as diversas culturas que compartilham a mesma língua.

Outros grandes destaques na programação são as presenças de Jorge Bodanzky e Renato Vallone. Bodanzky é o cineasta homenageado, com uma mostra especial que faz a retrospectiva de sua filmografia. O seu mais conhecido e premiado filme, considerado um marco no cinema documental, “Iracema – uma Transa Amazônica”, terá uma exibição especial na noite de abertura, seguida de um debate com o diretor. Bodanzky ministrará, ainda, o curso de Cinema Documentário Contemporâneo para participantes do festival.

Já Renato Vallone responderá pelo laboratório de montagem Programa Primeiro Corte, prestando consultoria a cineastas selecionados com seus filmes documentários, ensaísticos ou híbridos, em fase de edição. Vallone é considerado um dos mais inventivos montadores do cinema brasileiro e montou o filme “Cinema Novo”, vencedor do prêmio de Melhor Documentário em Cannes 2016.

Este ano o festival também realizará, pela primeira vez, o Encontro Internacional de Fotografia, Cinema e Artes Digitais, abrindo espaço para o compartilhamento de estudos e pesquisas acadêmicas sobre os impactos das tecnologias digitais na fotografia, no cinema e nas artes, no cenário contemporâneo. Esta é uma ação que visa estabelecer redes de cooperação entre Instituições de Ensino Superior, grupos e associações de pesquisa.

Ainda, o público que for a Pirenópolis poderá prestigiar durante toda a semana duas exposições fotográficas: “Cem Anos Luz”, sobre o centenário da icônica bailarina Luz del  Fuego, organizada por Roberto Sá, cineasta participante da Mostra Competitiva Nacional, e “A Casa do Ser”, de Ana Póvoas, fotógrafa residente em Pirenópolis, que retrata o cotidiano e o universo interiorano de Goiás, que também fará o lançamento do seu livro homônimo durante o festival.

“Tivemos recorde de inscrições para as mostras competitivas e também para os dois cursos que oferecemos. Isso é muito gratificante porque mostra a força que o festival ganhou em tão pouco tempo de existência e nos encoraja a seguir adiante mesmo em momentos difíceis como este, em que enfrentamos o atraso no repasse da verba do Fundo Estadual de Cultura.”, afirma Fabiana Assis, Curadora e Diretora do PirenópolisDoc. Enfim, com uma programação tão especial e gratuita, não faltarão motivos para o público ir a Pirenópolis e participar desta verdadeira festa do cinema documentário, das artes visuais e da cultura brasileira.

Serviço – III PirenópolisDoc

Data: de 15 a 20 de Agosto de 2017

Local: Pirenópolis, GO

Mais informações e programação completa:  www.pirenopolisdoc.com.br

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.