Festa do Divino Espírito Santo de Cristalina se torna Patrimônio Cultural e Imaterial do Estado

Projeto de lei proposto pelo deputado estadual Coronel Adailton (PRTB) foi sancionado por Caiado nesta sexta-feira, 6

O governador Ronaldo Caiado (UB) sancionou nesta sexta-feira, 6, o reconhecimento de Patrimônio Cultural e Imaterial do Estado de Goiás à festa religiosa do Divino Espírito Santo, realizada logo após a Páscoa tradicionalmente todo ano em Cristalina, no Entorno do Distrito Federal. O Projeto de Lei (PL) foi proposto pelo deputado estadual Coronel Adailton (PRTB) e aprovado pela Assembleia Legislativa de Goiás, no mês passado.

A iniciativa foi do ex-deputado estadual, atualmente, prefeito de Luziânia, Diego Sorgatto (UB), que apresentou a matéria de nº 5.718/19, solicitando o reconhecimento da cerimônia em honra ao Divino Espírito Santo como patrimônio dos goianos e apensado ao projeto, nº 1.276/22, sobre o mesmo tema, apresentado por Adailton.

Principal evento promovida no município, a festividade cristã neste ano chega a 74ª edição, e ocorrerá entre os dias 27 de maio e 5 de julho. Durante, esses dias há encenações que mostram as peregrinações de Jesus Cristo e os 12 apóstolos para evangelizar o mundo. Na ocasião, são carregadas bandeiras, caixas, e a capanga, que são os símbolos do Divino Espírito Santo.

Em um momento do ritual, um som é tocado anunciando dez grupos de foliões, que saem a cavalo pelas trilhas e estradas para visitarem as pessoas da zona rural e anunciar o evangelho. A festa também é marcada por apresentações de catira, desfile de foliões, celebrações na antiga igreja da cidade e shows, com destaque para a música sertaneja.

Uma resposta para “Festa do Divino Espírito Santo de Cristalina se torna Patrimônio Cultural e Imaterial do Estado”

  1. Avatar Kim disse:

    ÓTIMA,
    FESTA,
    PARABÉNS 😀😁😃😄

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.