Fecomércio elabora proposta de retomada do comércio em Goiânia

Documento foi entregue ao prefeito Rogério Cruz por intermédio dos deputados João Campos e Jefferson Rodrigues

Marcelo Baiocchi, presidente da Fecomércio | Foto: Arquivo

O presidente da Federação do Comércio do Estado de Goiás (Fecomércio), Marcelo Baiocchi, entregou no último final de semana uma proposta ao prefeito Rogério Cruz com medidas para a retomada do comércio.

O documento foi entregue ao prefeito de Goiânia, Rogério Cruz, pelo deputado federal João Campos (PSB) e deputado estadual Jefferson Rodrigues (Republicanos).

Dentre as medidas, Baiocchi defende que os comerciantes ofereçam transporte para os funcionários e altere o horário de funcionamento para 9h às 19h.

Além dessas, as medidas que já estavam sendo tomadas, como disponibilização de álcool em gel, uso de máscaras de proteção e entrada com capacidade limitada de pessoas.

Para o presidente da Fecomércio, o avanço em número de contaminações e óbitos da pandemia não tem relação com o funcionamento de estabelecimentos comerciais, que têm cumprido, segundo ele, com todos os protocolos sanitários estabelecidos desde a reabertura no ano passado.

“A pandemia continuou avançando nos últimos 14 dias e vai continuar. O que contribui para o aumento dos casos e óbitos são as aglomerações feitas nas residências pelas próprias pessoas, as festinhas”, disse.

Aparecida

Para Marcelo Baiocchi, que participou de live no Instagram nesta segunda-feira, 15, com o prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha, o modelo do município ainda é melhor que o proposto na capital.

“Melhor ficar aberto três dias e meio que nenhum. O modelo de revezamento traz menos prejuízo para o comerciante que ficar fechado a semana inteira”, avaliou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.