Fãs prestam apoio a ex-BBB na porta de delegacia e disparam: “Me bate, Marcos”

Alguns admiradores mais exaltados chegaram a chamar Emilly, vítima do cirurgião plástico, de “biscate”

Reprodução/Twitter

Expulso da casa do Big Brother Brasil após ser acusado de agredir física e psicologicamente a estudante Emilly, o cirurgião plástico Marcos Harter foi ouvido na tarde desta quarta-feira (12) na Delegacia de Atendimento à Mulher, no Rio de Janeiro.

Na porta da unidade, um pequeno grupo de admiradores e admiradoras esperavam Marcos e gritaram palavras de apoio ao médico durante sua breve passagem. “Me bate, Marcos”. Alguns mais exaltados chegaram a chamar Emilly de “biscate”. As informações são do portal R7.

Conforme o site, o médico chegou à delegacia de Jacarepaguá, na zona oeste do Rio de Janeiro, por volta das 11 horas. A responsável pelo caso do médico é a delegada-titular Viviane Costa Ferreira

Em uma publicado nas redes sociais, Marcos se defendeu das acusações: “Jamais tive intenção de machucar”. Após ser expulso por agressão, Marcos Harter não vai participar da final do BBB 17 na quinta-feira (13).

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.