Farmácia da Casa de Dom Inácio de Loyola é interditada pela Vigilância Sanitária

A interdição se deu pela produção em escala industrial para a qual a farmácia não estava liberada

Foto: Farley Silva

A Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO), por meio de sua Superintendência de Vigilância em Saúde (Suvisa), interditou cautelarmente, na manhã desta sexta feira, 21, a Farmácia da Casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia. A ação foi realizada por fiscais das Gerências de Vigilância Sanitária de Produtos e de Serviços de Saúde, em conjunto com a Polícia Civil de Goiás, após denúncia anônima.

A farmácia possui alvará sanitário para manipulação e comercialização de fitoterápicos. No entanto, a interdição se deu pela produção em escala industrial para a qual a farmácia não estava liberada. A farmácia também não é autorizada a manipular e comercializar nenhum produto que não seja fitoterápico, medicamento produzido através de plantas.

A equipe chegou ao local por volta das 9h30, onde coletou, até às 13h30 amostras de medicamentos e de água mineral vendida como fluidificada. Os produtos foram encaminhados ao Laboratório de Saúde Pública Dr. Geovanni Cysneiros (Lacen-GO), para que sejam analisados. Os resultados devem sair de 15 a 30 dias. A partir daí, novas medidas poderão ser tomadas.

No ato da inspeção, foram emitidos Autos de Infração e de Apreensão Cautelar, além de Termo de Intimação, que vão gerar relatório técnico, a ser entregue ao responsável técnico da farmácia, com as adequações necessárias para eventual liberação do funcionamento da farmácia.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.