“Fantástico” entrevista casal de lésbicas agredido por médico em Goiânia

Caso ganhou repercussão na mídia após matéria veiculada pelo Jornal Opção

O “Fantástico”, revista eletrônica dominical da TV Globo, irá tratar no próximo dia 19 sobre as agressões verbais sofridas por um casal de lésbicas em Goiânia. A informação foi confirmada por uma das vítimas via Facebook.

O caso ganhou repercussão na mídia depois que o Jornal Opção veiculou, em primeira mão, matéria com os vídeos publicados pela estudante Angélica Santana, de 27 anos, em redes sociais.

Nas filmagens, visivelmente transtornado, o médico Ricardo Dourado dispara insultos e comentários homofóbicos contra Angélica e sua namorada, a turismóloga Giovana Alves, em um bar de um posto de combustíveis da capital, depois de, segundo relato das vítimas, tentar se aproximar de uma delas.

Em um dos vídeos publicados, o médico também chama os homossexuais de “aberrações” e fala para a vítima “ir atrás de um homem”. O casal já denunciou o caso à polícia.

Protagonista da polêmica, Ricardo Dourado disse em entrevista ao Jornal Opção que já contratou um advogado, que estuda o caso e entrará na Justiça contra o casal. “Agressão foi o que ela fez comigo, me expondo nacionalmente com uma coisa ridícula dessas, usando meu nome como médico colocando uma foto da minha família. Eu posso sofrer agressão de homossexuais na rua.”

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.