Famosa pelos carros, Uber quer lan├ºar servi├ºo de transporte a├®reo at├® 2023

Empresa desenvolve, em parceria com empresas como a Embraer, uma nova aeronave para incorporar nova modalidade de viagem ao aplicativo

Cena futurística demais? Se os planos da Uber se concretizarem, nem tanto| Foto: Divulgação

Fundada em 2010, a Uber surgiu e se notabilizou focada em carros. Desde o início, com o UberBLACK, que trabalhava com sedãs de luxo por um preço não muito maior que o dos táxis comuns, os produtos da empresa tinham o carro como principal veículo de transporte. Mas os planos recentes do grupo envolvem bem mais que isso.

Atualmente, al├®m de carros comuns – que comp├Áem o servi├ºo uberX – e inova├º├Áes como o uberPOOL – em que o usu├írio do aplicativo compartilha a corrida com outras pessoas que far├úo rotas parecidas -, a plataforma j├í engloba motos, caminh├Áes, bicicletas e chegou a testar helic├│pteros em um projeto que durou um m├¬s.

Os helic├│pteros, no entanto, n├úo eram exatamente o que a empresa queria. Segundo o Diretor de Comunica├º├Áes da Uber no Brasil, Fabio Sabba, o projeto agora ├® outro: Criar um novo ve├¡culo, com turbinas menores e menos barulhentas, no novo servi├ºo UberAIR. E apesar de parecer uma ideia futur├¡stica demais, ela j├í est├í em desenvolvimento e deve come├ºar a ser testado j├í em 2020 em Dubai (Emirados ├ürabes Unidos) e Dallas (EUA), conforme an├║ncio feito em abril pela Uber em confer├¬ncias nos Estados Unidos.

Feito em parceria com v├írias empresas, entre elas a Embraer, o VTOL (da sigla em ingl├¬s Vertical Take Off Landing) deve come├ºar a fazer seus primeiros voos em 2023. A ideia ├® que o novo servi├ºo utilize estruturas como as de heliportos e seja integrado ├ás outras modalidades da Uber, ou seja, utilizando ve├¡culos diferentes para fazer determinada viagem da melhor maneira poss├¡vel.

Segundo as estimativas da empresa, ao contr├írio do que possa parecer, o servi├ºo n├úo custar├í t├úo caro assim. Inicialmente, os c├ílculos s├úo de que um voo entre Campinas e a capital paulista, por exemplo, sairia em m├®dia por R$ 153, contra R$ 52 no servi├ºo uberBLACK. Em curto prazo, no entanto, o valor cairia para R$ 50 e, em longo prazo, poderia chegar a R$ 24.

Proje├º├Áes de pre├ºos da Uber s├úo animadoras: Pelas previs├Áes da empresa, trajeto de 118 km poderia custar US$ 24 em longo prazo | Foto: Divulga├º├úo

Se feito com o novo ve├¡culo, a dist├óncia e o tempo de viagem diminuiriam consideravelmente. Em um carro, no uberX, s├úo necess├írias, em m├®dia, 2 horas e 10 minutos para percorrer os 118km entre Campinas e a Avenida Paulista, S├úo Paulo. No uberAIR, o passageiro faria o mesmo trajeto (que seria de 82 km) em 18 minutos.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.