Família goiana busca ajuda para tratamento de criança contra leucemia

Vitor Gabriel Martins fez tratamento no Hospital Araújo Jorge e foi encaminhado para realizar transplante no Hospital Albert Einstein, em São Paulo

Foto: Reprodução

O Vitor Gabriel Martins, de 8 anos, luta há onze meses contra uma Leucemia Linfoide Aguda, LLA T, um dos tipos mais agressivos da doença. Segundo informações de familiares, ele realizava o tratamento no Hospital Araújo Jorge, em Goiânia, e estava indo bem até que, em julho, teve uma recidiva. “A doença voltou no sistema nervoso central dele, no entanto a medula permaneceu limpa”, afirma a mãe de Vitor, Juliana Martins de Freitas.

A médica que acompanha o garoto informou que encontraram um doador 100% compatível com ele. No entanto, o transplante será realizado em São Paulo, “pois aqui no Araújo Jorge só é realizado transplante entre irmãos”, explica Juliana. A família de Vitor é de Hidrolândia. 

A família  recebeu a notícia de que a primeira consulta pré-transplante de Vitor Gabriel está marcada para o dia 20 de agosto, no Hospital Albert Einstein. Ela explica que, quando o transplante for realizado eles passarão alguns meses em São Paulo.

“Creio que de quatro a oito meses, tudo depende de como ele vai reagir a esse processo. Teremos os gastos com alimentação especial, medicamentos, transporte. Talvez a gente consiga ficar em alguma casa de apoio, caso contrário vamos ter que alugar um local pra morar”, detalha Juliana.

“Depois que voltarmos de São Paulo, vamos ter que ir lá pelo menos uma vez por mês, até o Vitor ganhar alta do transplante o que deve ocorrer por volta de um ano pós-transplante, então será um processo longo”, relata Juliana, que não está trabalhando no momento por conta da dedicação exclusiva ao filho. “Vivo para cuidar dele, estamos lutando para conseguir apoio durante esse período”, conclui.  

Quem quiser colaborar com a família pode entrar em contato com a Juliana pelo telefone (62) 9 8521-5742. 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.